Posição financeira do mês de junho/2020

A seguir, demonstramos as ações tomadas no mês de junho para atingir o equilíbrio orçamentário de custeio.

Com as decisões tomadas e colocadas em prática desde o dia 1º de abril, conseguimos apresentar mais um mês de queda em nossas despesas, reduzindo ainda mais os efeitos causados pela pandemia, porém, continuamos seguindo com muita cautela, administrando corretamente os recursos e visando sempre o equilíbrio financeiro do clube.

 

Importante lembrar que os números apresentados neste portal são estimados, portanto podem apresentar uma pequena variação, tanto para cima como para baixo, por isso as projeções são monitoradas e atualizadas constantemente.

RECEITAS

A arrecadação prevista, conforme os meses anteriores, continuou a cair por conta de mais um mês com as atividades do clube suspensas e portas fechadas, no entanto, apresentou de modo geral uma leve melhora em sua realização se comparada ao valor arrecadado em maio, devendo-se considerar que o recebimento de valores pendentes de outros meses aumentou durante o mês de junho.

Portanto, mesmo com a contínua prorrogação do isolamento social obtivemos um aumento na arrecadação total em relação ao mês anterior, mas, mesmo assim, tivemos uma queda de R$ 146.662,71, um impacto negativo de 22,56% aproximadamente.

As receitas provenientes das atividades de locação, eventos, patrocínio, restaurante e estacionamento também continuam suprimidas, nos levando consequentemente a fazer a projeção com base apenas nas receitas de contribuição social e taxas esportivas.

CONTRIBUIÇÃO SOCIAL E ATIVIDADES ESPORTIVAS

As receitas da contribuição social e das atividades esportivas foram essenciais para o clube atravessar este período de suspensão das atividades com o menor impacto possível em sua saúde financeira.

No recebimento de contribuição social e atividades esportivas, dos R$550.000,00 previstos para o mês, registramos o recebimento de R$468.193,80, resultando em uma queda de 14,87% aproximadamente.

Este percentual pode ser progressivamente reduzido mediante o eventual pagamento das contribuições sociais e atividades esportivas que estão em atraso.

CONDIÇÃO ESPECIAL PARA QUITAÇÃO DE DÉBITOS DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL E DEMAIS TAXAS EM ABERTO

Sensível às dificuldades de alguns associados em manter o vínculo associativo nesse período de crise, e ainda em caráter emergencial, o Clube lançou uma condição especial para quitação de débitos, direcionada aos associados com contribuição social e DEMAIS TAXAS em aberto até o mês de junho/2020:

 

PARCELAMENTO DOS DÉBITOS NAS SEGUINTES CONDIÇÕES:

  • Pagamento em 8 vezes, com o primeiro vencimento em 11/08/2020.

  • Isenção de multas e juros.

 

Importante:

O parcelamento dos débitos é automático. Um boleto será encaminhado aos associados. Basta realizar o pagamento da 1ª parcela, em 11/08/2020.

RESTAURANTES E LANCHONETES

Sem operação em eventos internos ou de terceiros, a perda de receita é integral, 100,00%. 

ATIVIDADES ESPORTIVAS

Para as atividades esportivas a perda das receitas foi de 44,00% em comparação ao mês anterior. Para os militantes esportivos pagantes a perda foi de 36,00%.

 

As atividades extras, como cursos pagos à parte da contribuição associativa serão cobradas dos associados, facultativamente, enquanto as atividades permanecerem suspensas. Contamos com a sua compreensão e colaboração, nesse momento tão difícil, para que se mantenha a folha de pagamento dos prestadores de serviço e colaboradores.

SERVIÇOS, FESTAS E EVENTOS

Com a descontinuidade dos serviços de bem-estar, estacionamentos, realização de festas e eventos, a perda de receita foi de 100,00%.

COMODATOS, PATROCÍNIOS E PARCERIAS

Com a suspensão das atividades, houve arrecadação parcial com a concessão de espaço para o Colégio Objetivo e a UNIP e nenhuma arrecadação proveniente de comodatos para outras finalidades (palestras, workshops etc.).

A perda de receitas neste segmento foi de 65,63%.

DESPESAS

As despesas originalmente previstas em R$535.333,79, utilizando como base o mês anterior, também tiveram novos ajustes, gerando uma redução de R$75.082,77, correspondente a mais 14,03% de economia aproximadamente.

As medidas de contenção de despesas para equilíbrio financeiro estão detalhadas a seguir.

Folha de Pagamento

A redução neste segmento corresponde a 22,33% de economia e é proveniente da somatória de ações sobre o quadro de pessoal, destacando-se:

  • Acordo coletivo com os sindicatos para redução da jornada de trabalho e dos salários, aplicado para 100% do quadro de funcionários do clube.

  • O diferimento de encargos sociais como:

    • FGTS - Redução de 100,00% no valor mensal desta despesa. O pagamento será parcelado e prorrogado.

    • INSS – Com o diferimento, pagamos apenas a parte dos Segurados + Terceiros, o que corresponde a uma redução de 63,19% na despesa deste mês. O pagamento da Cota Patronal do encargo foi prorrogado para o dia 20/10/2020.

Importante relembrar que os acordos coletivos foram realizados com a condição de manutenção dos empregos e os funcionários não ficarão desamparados.

Serviços e Materiais Administrativos

Em virtude do fechamento temporário, a prestação de serviços e o consumo de materiais neste segmento também segue em queda. A redução corresponde a 15,45% de economia.

Utilidades

A queda no consumo de energia elétrica, gás, água e esgoto no período, resultou em uma economia de 5,32% em relação ao mês de maio /2020.

CONCLUSÃO

Ocorreu um superávit de R$ 43.366,27, resultado da diferença entre a receita de R$ 503.337,29 e a despesa de R$ 460.251,02.

Durante o período de suspensão das atividades – COVID-19 – as informações serão constantemente atualizadas.

Atenciosamente,

 

A Diretoria.

Notícias e comunicados
Blog