Beatriz Nantes: uma atleta da natação que carrega o TCP no peito

Atualizado: 28 de Nov de 2019



Treino, dedicação e amor: essa é a fórmula do TCP para formar atletas na natação, que disputam competições e desafios aquáticos. Beatriz Nantes é a prova que essa mistura deu muito certo.

Apaixonada pela modalidade, ela nada desde os 4 anos em piscinas e realiza provas diversas. Neste ano, Bia assumiu um novo desafio pessoal: encarar a Travessia do Leme ao Pontal, totalizando 36 Km de nado sem parar.

O resultado? Bia concluiu a prova em 9h17 minutos, se tornando a segunda mulher mais rápida a concluir o percurso desde sua fundação, em 2016 – ficando atrás apenas de uma atleta profissional renomada.

Para chegar a esse resultado, foram mais de três meses de muito treino e dedicação. “Realizamos treinos muito intensos, de até quatro horas por dia, chegando a nove treinos por semana. Durante a preparação, ela ainda fez a prova do Rio São Francisco e se classificou em 1º lugar. O desemprenho e a dedicação da Bia são impressionantes”, diz Danilo Carvalho, professor de natação do Tênis Clube Paulista há 16 anos.

Bia conta, emocionada, sobre o dia da prova do desafio da Travessia do Leme ao Pontal. “Essa é uma das maiores conquistas da minha vida aquática. Sou grata aos professores que assumiram esse compromisso comigo e ao clube que abriu as portas para a realização dos meus treinos”, revela Bia.

Fique de olho! Nas próximas semanas, vamos contar a história dos demais atletas de ouro do TCP. Acesse nosso site e confira histórias inspiradoras.

315 visualizações