PARE, LEIA E REFLITA: Lamentar ou buscar a solução: qual sua maneira de lidar com um problema?

Atualizado: Mai 13


Os tempos atuais exigem muita reflexão sobre o caminho que estamos seguindo na resolução dos problemas e se ainda faz sentido a forma como conduzimos a vida. Como o ambiente externo já está em um movimento mais pesado, devido à pandemia que estamos vivendo, há uma tendência de olharmos de maneira negativa para determinadas situações.


Exatamente nesse ponto que é preciso atenção. Porque existem duas maneiras de encarar os obstáculos: lamentar e reclamar ou buscar a solução com clareza e tranquilidade. Diante de qualquer problema, é preciso parar, respirar e entender quais são as maneiras de encontrar a solução.


Colocar luz na resolução, e não no problema em si, faz com que sua energia se volte pra algo positivo. O problema não vai mudar se você ficar apenas reclamando ou se lamentando. Essa situação só vai mudar se nos depararmos com otimismo e irmos realmente ao encontro da solução.


Você pode estar pensando: ok, mas como de fato consigo mudar esse comportamento? A resposta é simples! Um passo de cada vez. Entender que a energia precisa estar na resolução já é um primeiro e mais importante passo. O segundo é fazer algum tipo de planejamento para que a resposta positiva chegue o mais rápido possível.


Outra reflexão importante a fazer é: o que está ao meu alcance para resolver esse problema? Há situações que de fato estão longe do nosso alcance. Então, sofrer ou colocar sua energia nisso realmente não fará você se mover, sair do lugar e prosperar. Preocupe-se apenas com o que você pode solucionar e gaste seu tempo apenas com assuntos que de fato vão te ajudar nessa caminhada rumo às resoluções das adversidades.


Por fim, mas não menos importante, esgote todas as possibilidades da solução que estão ao seu alcance. Vibre positivo e agradeça por todos momentos bons e melhores que estão por vir. Eles com toda certeza virão e você estará de braços abertos esperando por esses dias de luz e alegria.

54 visualizações0 comentário