Protocolo de Segurança

de Reabertura do Clube

Por que reabrir?

O TCP, assim como todos os clubes, está na categoria de locais
que oferecem serviços de combate ao sedentarismo e promoção
da saúde. A retomada das atividades se dará de forma gradual e
responsável visando o bem estar de todos os seus associados e
colaboradores.

O que permanecerá fechado?

  • Áreas infantis, como parquinhos;

  • Atividades coletivas (culturais, esportivas e físicas) orientadas por profissionais (técnicos, instrutores e preparadores físicos) - abertura parcial

  • Quadras poliesportivas;

  • Piscinas;

Todas essas áreas ou atividades poderão abrir futuramente, na medida em que forem autorizadas a funcionar pelo Plano São Paulo, observados estritamente os protocolos específicos que venham a ser determinados para o funcionamento de cada uma delas, em especial, bares, restaurantes e lanchonetes

Grupos de risco

O TCP recomenda que idosos, portadores de doenças crônicas como diabetes, cardiopatias, hipertensão e asma, grávidas e puérperas, que permaneçam em isolamento nas suas respectivas casas.

Principais medidas

  • Reativação dos colaboradores e capacitação para os novos procedimentos de segurança e prevenção;

  • Organização dos suprimentos de segurança: EPIs, termômetros eletrônicos, dispensadores de álcool gel e produtos de limpeza;

  • Organização do layout dos espaços e equipamentos quanto às limitações de atendimento;

Entrada criteriosas ao clube

  • Para a entrada e permanência dentro do clube serão obrigatórios:

  • O uso de máscara em todas as suas dependências.

  • observando- se as medidas corretas, cobrindo a boca e o nariz completamente, sem deixar espaços nas laterais;Deve-se utilizar máscara de tecido com pelo menos duas camadas (algodão, tricoline ou TNT), 

  • Higienização dos calçados no tapete sanitizante na entrada e demais dependências do clube.

  • Higienização das mãos com álcool gel.

  • A verificação de temperatura de todos que acessarem o TCP, utilizando termômetro eletrônico à distância.

  • Caso seja constatada uma temperatura superior a 37,8 °C, a entrada não deverá ser autorizada.

Disponibilização de álcool em gel

O álcool em gel (em concentração a partir de 70%) é um aliado eficaz para proteção na impossibilidade de se lavar as mãos com água e sabão.
Nas portarias de acesso e nos espaços de grande circulação: locais de atividades esportivas e culturais, bares e restaurantes e áreas de convivência.

Cuidados nas partes internas

A quantidade de pessoas em espaços fechados, quando liberado, como piscinas, salas de aulas, entre outros, será limitado, utilizando como referência a medida 6 metros quadrados por pessoa (capacidade máxima de pessoas no local, com segurança).

Marcações no piso delimitando o espaço que cada associado deverá utilizar, evitando aglomerações. 

Nas salas utilizadas para atividades orientadas - culturais, esportivas e físicas, quando liberado, estabeleceremos a distância de no mínimo 1,5 metro entre os usuários sem compartilhamento de materiais. Caso seja necessário o compartilhamento, que se faça a higienização logo após o uso individual.
Fornecimento de kits com dispensadores de álcool gel para mãos, toalhas de papel e borrifadores com álcool 70% para uso dos associados nos equipamentos e acessórios de treino.

Atividades com número reduzido de associados

Quando liberado, priorizaremos por espaços amplos e bem arejados para a realização das atividades, limitando-se a quantidade de associados.

 

Considerações finais

É importante ressaltar que este material deve sofrer atualizações, de acordo novas recomendações das autoridades públicas de saúde. O Tênis Clube Paulista ressalta que seguimos com o compromisso de respeito, transparência e eficiência, permanecendo à disposição para atendimento aos nossos associados.